Fique por dentro das novidades!

A arte de emagrecer a cabeça

balloon-mindCom o crescimento acelerado do sobrepeso e da obesidade em nível mundial, muito se fala sobre a necessidade de tratamentos efetivos para combater este grande mal do século 21, como o uso de dietas, exercícios, remédios e procedimentos bariátricos – como o balão intragástricoo e as cirurgias.

Apesar de todos estes tratamentos terem se mostrado eficazes, não é raro ver casos de insucesso no processo de emagrecimento, em virtude de dois fatores importantes que raramente são trabalhados no indivíduo obeso: mudança de pensamentos e comportamentos.

De acordo com a psicóloga especialista em terapia comportamental-cognitiva pela USP e transtornos alimentares pela UNIFESP, Marilice Rubbo de Carvalho, a ansiedade é apontada regularmente como grande vilã da obesidade, mas a questão é mais complexa e inclui outros transtornos muito mais profundos, como tristeza, depressão, frustrações, entre outros.

Se a mente do obeso não for especialmente trabalhada, a reeducação alimentar e a realização de atividades físicas se tornam mais difíceis e comprometem a redução definitiva de peso. A especialista destaca o uso cada vez maior da terapia comportamental-cognitiva para este fim, que auxilia a perda e o controle de peso através da modificação de comportamentos associados aos hábitos do paciente.

A importância desta terapia não é somente para quem deseja mudar de comportamento e entender sua relação com a obesidade, mas também para quem recorre às cirurgias de redução de estômago, colocação da banda gástrica ajustável, procedimento endoscópico com balão intragástrico e medicamentos inibidores de apetite. “É essencial que antes de iniciar algum tratamento contra a obesidade o paciente realize um profundo trabalho de mudança cognitiva comportamental para se preparar para uma mudança na alimentação posterior e manter toda a programação necessária para a manutenção do peso perdido”, conclui Marilice.

A especialista também destaca que o tratamento irá ajudar na aceitação do novo padrão físico do paciente, que pode sofrer mudanças importantes de caracterização.

Fonte: Sistema Orbera de Emagrecimento

Ivan Stabnov – CRM: 5258052-7

Share this :

Leave a Comment!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *