Fique por dentro das novidades!

Dormir mal pode interferir no aumento de peso

Com a correria e as preocupações do dia-a-dia, em que o relógio parece correr contra o tempo, estamos dormindo cada vez.

A explicação está na leptina, hormônio que controla a sensação de saciedade e é justamente ativado durante o sono. Logo, as pessoas que permanecem acordadas por muito tempo, produzem menores quantidades do hormônio, e o resultado é a necessidade do corpo de ingerir maiores quantidades de carboidratos. mais tarde, menos tempo, e um sono de má qualidade. Além de comprometer o nosso desempenho físico e mental, um recente estudo americano publicado no periódico Science Translational Medicine, reforça que dormir pouco é prejudicial à saúde. De acordo com os pesquisadores do Hospital Brigham and Women, instituição afiliada à Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a conclusão é que para cada hora a menos de sono, cresce em 20% a possibilidade de ocorrer aumento do peso.         dormir

Assim, se você já tinha que ter atenção às suas horas de sono para garantir mais disposição física e mental, agora tem mais um motivo nos números da balança.

Acompanhe algumas dicas que devem te ajudar a ter um sono de qualidade:

Tenha horários regulares para dormir;

  1. Não coma alimentos pesados antes de dormir, pois o processo digestivo fica mais lento e dificulta o sono;
  2. Café, chás e refrigerantes são estimulantes que devem ser evitados a partir das 17 horas;
  3. Não fume e evite bebidas alcoólicas;
  4. Faça exercícios com frequência, mas evite fazê-los a noite;
  5. Associe a cama ao sono, evitando assistir TV no quarto;
  6. Não cochile fora de hora;
  7. Não vá para a cama com problemas;
  8. Tome um banho quente e relaxante;
  9. Evite exposição à luz, criando um ambiente acolhedor no quarto.

Adverse Metabolic Consequences in Humans of Prolonged Sleep Restriction Combined with Circadian Disruption

Orfeu M. Buxton, Sean W. Cain, Shawn P. O’Connor, James H. Porter, Jeanne F. Duffy, Wei Wang, Charles A. Czeisler, and Steven A. Shea – Sci Transl Med 11 April 2012 4:129ra43. DOI:10.1126/scitranslmed.3003200

Ivan Stabnov – CRM: 52.58052-7

Share this :

Leave a Comment!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *